Páginas

domingo, 22 de junho de 2008

Créu: O que mais vem por aí?

O que é arte?

Usa-se a palavra arte, para a linguagem simbólica em todas as suas variantes; a arte transmite conhecimento à sensibilidade humana, que não poderia ser transmitida de outra forma.


Mas o que estão fazendo com a arte hoje em dia?


Desculpe, mas é explícito aos nossos olhos: o conceito de arte na sociedade brasileira, tornou-se um lixo podre capaz de provocar ância de vômitos em porco.


Ontem ao assistir uma pregação do Pe. Fábio de Melo, num acampamento cujo tema era sobre arte, na Canção Nova, veio-me essa inspiração. Nessa pregação ele lembrou um comentário feito por ele no programa Direção Espiritual a respeito de uma mãe que lhe pediu um conselho sobre como fazer para que sua filha não ouvisse nem dançasse mais a música do créu.


Bom, eu estava assistindo esse programa naquele dia e fiquei satisfeito com a resposta do Padre, ao citar e criticar a participação dessa dançarina da foto acima, num outro programa de Tv, ao vivo, que não tem utilidade alguma mas que ele disse ter assistido e por coincidência eu também assisti, onde a tal mulher melancia falava sobre a proposta de posar nua para uma revista masculina, mas que "estava com dúvida" porque estava pensando nas criança que curtem seu trabalho.


É uma pena que não me lembro de tudo que o Padre disse, pois foi perfeito, era tudo que eu gostaria de dizer; mas não me esqueci de seu parecer classificando como um atentado à nossa inteligência. "Dance para os seus marmanjos, mas não venha me dizer que seu trabalho é voltado para o público infantil", disse o Padre com repúdio.


Me desculpe quem gosta, mas Funk pra mim não é música, pois não tem melodia, não tem letra, tão pouco criatividade; portanto não passa de um incômodo ruído no ar.

Nenhum comentário: