Páginas

terça-feira, 4 de novembro de 2008

Canção Nova recebe decreto da Santa Sé


Com o Reconhecimento Pontifício, a Canção Nova recebe a aprovação de seus estatutos, ou seja, a Igreja reconhece no Carisma Canção Nova a autenticidade do Dom Divino e, portanto, a comunhão com a sua própria missão recebida de Cristo. Desta forma, a Canção Nova passa a ser reconhecida como Associação Internacional de Direito Pontifício, sendo creditada como um carisma útil para a Igreja de todo o mundo.

Sendo um carisma universal, deve ser tutelado através de estatutos adequados, pois é uma garantia para seus membros, uma vez que a aprovação dos estatutos passa por um sério discernimento jurídico-pastoral, atestando assim a total comunhão com a doutrina da Igreja.

Mas o que são os estatutos?

"Os estatutos são o conjunto de normas e regras que disciplinam o funcionamento e o crescimento de uma associação". afirma Pe. Wagner Ferreira, membro do Conselho Geral da Comunidade, que acompanhou de perto o processo de aprovação dos Estatutos da Canção Nova junto ao Conselho Pontifício para os leigos, em Roma. Ele acrescenta ainda que "uma vez aprovado, o estatuto só pode ser modificado com o consentimento da autoridade eclesiástica que o aprovou, porque também possui a função de proteger e garantir a eclesialidade do carisma de uma associação de fiéis. O estatuto deve traduzir as riquezas próprias do carisma em forma de normas".

Portanto, a Canção Nova tem em seus Estatutos a sua Carta de Identidade, que a torna creditada no âmbito Elclesial de todo o mundo.

Ainda há alguns católicos que demonstram resistência com relação ao Carisma Canção Nova. Paciência! Um dia todos vão entender a importância dessa obra para Igreja.

Um comentário:

Leandro disse...

Salve Maria

Primeiramente, devemos lembrar que o reconhececimento oficial da existência de qualquer instituto ou assossiação não torna esse organismo infalível e nem o reconhecimento é infalível, não é pronunciamento "ex cathedra".

Segunda questão, esse reconhecimento está "ad experimentum" a própria palavrinha já tira a infalibilidade do organismo e pode ser lido no próprio site Canção Nova "O Estatuto é a carta de identidade de uma associação. Como já afirmamos, ele é aprovado “ad experimentum”, ou seja, durante um período de cinco anos o Conselho Pontifício para os Leigos procura constatar se, de fato, as normas contidas nesse documento traduzem a riqueza do carisma Canção Nova e também vai procurar perceber se os membros da comunidade estão sendo fiéis na realização dessas normas."

Isso significa que deveria ficar sob acompanhamento para se saber se cumprem os Estatutos ou não, mas como sabemos que o Bispo responsável pela região de Monsenhor é amigo pessoal dele e foi também responsável pelo pedido ao Papa...

Interessante:
http://igrejauna.blogspot.com/2008/11/cano-nova-foi-reconhecida.html

Pax et bonum